Os melhores carros Ferrari 2020

Provavelmente a marca mais popular de todos os tempos, a Ferrari continua a apostar em veículos competitivos com motores que atingem os patamares mais elevados de desempenho e exigência. Nascida na Itália em 1939, a Ferrari em pleno século XXI continua a conquistar fãs por todo mundo.

 

Descubra quais os melhores carros Ferrari para 2020 que reúnem poder e velocidade, afinal esta é a marca com um recorde de 16 galardões nos mundiais de Fórmula 1.

Quais são os melhores carros Ferrari 2020?

Se procura um automóvel que lhe garanta a mesma sorte que um jovem Enzo teve quando venceu a competição no circuito Silvio em Ravenna a 15 de junho de 1923, aposte num dos novos modelos da gama Ferrari. Entre eles conhecerá o Ferrari 812, o Ferrari SF90, o Ferrari F8, o Ferrari GTC4 Lusso, o Ferrari Roma e o Ferrari Portofino, que prometem ofuscar qualquer outro veículo.

 

Seja no icónico tom vermelho, conhecido como “rosso corsa”, ou em cores contemporâneas como o amarelo ou o negro, qualquer um dos melhores carros da Ferrari para 2020 aperta no design exuberante e na rapidez.

 

Não se preocupe, porque não precisará de segurar demasiado na volante, pela sua firmeza e estabilidade a todos os níveis.

Ferrari 812 Superfast

O Ferrari 812 Superfast é um automóvel mais exclusivo da gama e dá início a uma nova fase na mecânica da marca, aproveitando-se de um motor de 12 cilindros comum à berlina de competição F12.  De estilo nítido e moderno, o 812 Superfast tem uma aspiração natural. Além disso, tem um novo volante ainda mais estável, direção eletricamente assistida, e painel de controlo com sistema Slide Slip Control. Há quem afirme que o 812 Superfast é o Ferrari mais potente de sempre com uma aceleração dos zero aos cem quilómetros a ser atingida rapidamente em 2,9 segundos.

Ferrari SF90 Stradale

O nome SF90 do Ferrari Stradale celebra o 90º aniversário do departamento de competição Scuderia Ferrari, mas não significa que queira ser um automóvel convencional. O SF90 marca

a primeira versão híbrida plug-in e o primeiro carro desportivo da marca italiana com tração às quatro rodas. O lado mecânico promete deixar qualquer um rendido, com um motor V8 turbo de 780 cavalos, que associado a três motores elétricos de 220 cavalos, permite a máxima autoridade nas estradas.

Ferrari F8 Tributo

O F8 Tributo substitui o Ferrari 488 GTB e marca a excelência por ser a berlina de dois lugares com um magnífico motor V8, capaz de atingir altos padrões de desempenho. Por dentro e por fora tem uma nova linguagem facilmente sentida na carroçaria em fibra de carbono, em vez do alumínio que marcou outros modelos da marca no passado. Como habitual, é o comportamento que faz a diferença com os 720 cavalos e 78,5 kgfm do motor a funcionar eloquentemente nas cidades e nos circuitos fora delas.

Ferrari F8 Spider

O Ferrari F8 Spider dá resposta àqueles que querem vestir a pele de predadores natos. Desenhado ao mesmo tempo e pela mesma equipa que trabalhou no F8 Tributo, o Ferrari F8 Spider é o mais recente e poderoso V8 com sistema de escape renovado para aumentar a performance. O próprio sistema Adaptive Performance Launch melhorou o binário e evita situações de derrapagem, adaptando-se portanto aos diferentes solos. Oferece linhas rígidas pouco comuns a um descapotável com um tejadilho que pode ser aberto ou fechado em poucos segundos à velocidade limite de 45 km/h.

Ferrari 488 Pista

Carro de corridas para profissionais adaptado também às exigências do dia a dia dos condutores mais amadores, o Ferrari 488 Pista é um automóvel realmente assombroso e superior em todos os parâmetros quando comparado com o anterior 488 GTB. O motor V8 Twin-Turbo permite uma potência de 720 cavalos que se alia ao menor peso da carroçaria, com apenas 1280 kg. Se o objetivo era apresentar um veículo que fluísse mais facilmente pelas estradas a Ferrari cumpriu-o, também pelos materiais mais leves de fibra de carbono. Foi uma surpresa aliciante no Salão Automóvel de Genebra em 2018 e continua a ganhar vários adeptos.

Ferrari GTC4 Lusso

A marca do “Cavallino Rampante” como é conhecida na Itália, aposta na tração integral para criar um veículo para toda a família de nome GTC4 Lusso. Pode parecer pouco comum, mas são 4 lugares para quem quer ter um Ferrari e movimentar-se pelos vários locais com mais pessoas a bordo. Para uma experiência multimédia envolvente saiba que o GTC4Lusso tem um ecrã HD sensível ao toque de 10,25 polegadas, com sistema Apple CarPlay e entretenimento garantido.

Ferrari Roma

A capital italiana demarcada pela sua amplitude dá nome ao Ferrari Roma, um GT coupé, que homenageia os veículos dos anos 50 e 60 que circulavam pela cidade mágica e dominaram o mundo das revistas e das artes. A boa vida à italiana atinge patamares únicos com um motor de V8 de 3,9 litros, um chassis de tecnologia modular e faróis Matrix LED. O design deste Ferrari Roma é mais polido e deixa de fora elementos supérfluos, sem queixas por parte dos condutores.

Ferrari Portofino

O Ferrari Portofino é um coupé-cabrio capaz de espalhar elegância em qualquer estrada que circule. Veio substituir o antigo Ferrari California T no segmento de conversíveis, e adapta-se a todas as condições atmosféricas. O teto retrátil rígido está agora integrado de forma convincente e a sua carroçaria junta 12 tipos de aço de elevada resistência, acompanhados pelo alumínio, nos painéis aerodinâmicos. A capota de lona é uma versão tradicional, que revela o Ferrari Portofino um automóvel elegante, independentemente de esta estar aberta ou fechada.

Ferrari Monza SP1

Primeiro veículo de uma edição bastante especial de nome “Ícona”lançada pela casa italiana, o Ferrari Monza SP1 foi apenas comercializado em 500 unidades. Este Ferrari Monza SP1 é um automóvel bastante particular: não tem pára-brisas, não tem tejadilho – substituído por uma tecnologia designada “Virtual Wind Shield” -, e captará à atenção dos condutores mais independentes, por garantir apenas lugar para o condutor.

Ferrari Monza SP2

Na mesma linha que o Ferrari Monza SP1, surgiu o SP2, que continua a fazer referência às famosas “barchettas” de competição da Ferrari: o Ferrari 166 MM de 1948, o 750 Monza e o Ferrari 860 Monza. Em vez de ter lugar para apenas uma pessoa, o Monza SP2 é para dois: condutor e passageiro. Com um motor V12 de 6,5 litros, os Monza SP serão capazes de atingir a potência máxima de 810 cavalos, num binário máximo de 719 Nm.

Os melhores carros Ferrari usados

Não é fácil escolher por um dos melhores carros Ferrari novos, nem sequer quando pensamos num dos Ferrari de segunda mão, com uma oferta clássica e extensa. A diferença é que os melhores carros Ferrari usados apresentam preços muito mais acessíveis, mantêm a mesma condução dinâmica e respondem a esse sonho de muitos entusiastas dos motores em adquirir um Ferrari.

 

Alguns dos Ferrari usados disponíveis são o Ferrari 360 Modena, o Ferrari California, o Ferrari F430 ou o Ferrari 575, o Ferrari 488 GTB. Outros automóveis usados podem ser conhecidos nos concessionários da Caetano Retail.

Onde comprar um carro Ferrari em Portugal?

Para comprar um carro Ferrari em Portugal poderá dirigir-se aos prestigiados agentes da Caetano Retail que lhe colocarão a par da oferta e de todas as informações relacionadas com a compra e a manutenção do seu Ferrari.

 

Não se esqueça de retirar todas as dúvidas, de forma a que perceber se os automóveis Ferrari poderão ser um sonho tornado finalmente realidade.