Os melhores carros Abarth 2020

As corridas e a velocidade estavam no sangue de Carlo Alberto Abarth, austro-hungaro engenheiro e fundador da Abarth, desde o seu nascimento Em 1933, com 25 anos, projetou um sidecar no qual venceu o trem Orient Express numa corrida épica de Viena, Áustria, a Ostend, Bélgica.

Abarth mudou-se para a Itália em 1934, onde conheceu o genro de Ferdinand Porsche, Anton Piëch e desenvolveu uma forte amizade com Ferry Porsche.

Após um acidente, em 1938, Carlo viu-se obrigado a encerrar a carreira de corrida e alguns anos mais tarde, em 1949, funda a empresa com o logotipo do escorpião: a Abarth.

Inicialmente, a marca especializou na produção de carros de corrida e silenciadores de alto desempenho, mas o lançamento do Fiat 600 em 1955 abriu um novo mundo de possibilidades para a então jovem empresa. Abarth rapidamente identificou um mercado para uma versão mais rápida e desportiva do carro que permanecesse razoavelmente acessível e canalizou as lições que aprendeu em anos de corrida e fabricação de silenciadores para o Fiat-Abarth 750. Construtores de carroçarias como Zagato e Allemano fizeram o modelo ainda mais atraente ao transformá-lo em versões coupés e cabrios.

 

O poder de estrela de Abarth continuou a aumentar durante a década de 1960, com o 750 acumulando vitórias e estabelecendo vários recordes internacionais de velocidade. Carlo Abarth tornou-se assim uma figura divina no mundo das corridas.

A autoridade que Carlo carregava ajudou-o a vender sua empresa à Fiat, em 1971. Nessa época, os melhores dias de Abarth ficaram para trás e a marca do escorpião oscilou entre o silêncio e o repouso absoluto até que a Fiat decidiu ressuscitar o seu nome, em 2007, fazendo dela uma submarca de desempenho da Fiat que mantém sucesso até aos dias de hoje.

Quais são os melhores carros Abarth 2020?

Dez anos depois de ser comprada pela Fiat, a marca como empresa deixou de existir, sendo substituída pela Fiat Auto Gestione Sportiva, que ficou responsável por gerir os programas de automobilismo da Fiat até 1999.

Ao longo dos anos 80, 90 e 2000, o nome Abarth foi usado em modelos desportivos dos Fiat, existindo versões do Uno, Bravo, Punto, Cinquecento e 500 com emblemas Abarth. Esta “mescla” durou até 2007, quando a antiga empresa voltou ao activa. Em fevereiro desse ano, a Abarth & C. S.p.a. foi restabelecida, sob total controlo da Fiat.

 

A marca lançou os Abarth Grande Punto, que tiveram várias versões entre 2007 e 2013. Depois, vieram os  500, ainda à venda na Europa – conhecido hoje como Abarth 595, o veículo mais vendido da marca.

A marca detém 3 gamas distintas atualmente: Abarth 595, Abarth 695 e ainda um leque vasto de Abarth de edição limitada. Caso esteja a ponderar investir num destes pequenos carros de alta performance, veja a lista que se segue com uma seleção daqueles que consideramos serem os melhores carros Abarth 2020.

Abarth 595

O Abarth 595 é uma versão ultra rápida do Fiat 500 e foi lançado pela primeira vez em 2008 como Abarth 500. Ao longo dos anos, o Abarth teve muitos ajustes, incluindo uma mudança de nome para 595 – mas ainda é tecnicamente o mesmo carro.

Embora a maioria dos fabricantes tenha evitado fazer carros urbanos de alto desempenho, a capacidade do Abarth de proporcionar emoções estonteantes significa que ele ainda consegue destacar-se da multidão.

Existem 6 versões do 595, além do modelo padrão: o Abarth 595 Pista, o Abarth 595 Turismo, o Abarth 595 Competizione, o Abarth 595 esseesse, o Abarth 595 Scorpioneoro e o Abarth 595 Monster Energy Yamaha.

Abarth 124 Spider

O Abarth 124 Spider é uma versão mais desportiva do Fiat 124 Spider, baseado no enorme sucesso Mazda MX-5.

É um carro sedutor e com um design peculiar. O seu interior é idêntico ao do Mazda MX-5 e ao do Fiat 124 Spider, exceto em alguns acabamentos. No entanto, isso significa que a visibilidade em toda a volta é muito boa e que é muito confortável.

Abarth 695 Maserati

A Abarth aproveitou a edição das Mille Miglias, em Brescia, Itália, para apresentar uma versão especial do 500: o 695 Edizione Maserati – uma edição especial limitada a 499 unidades que homenageia a ligação existente entre a Abarth e a Maserati.

Este automóvel concilia o temperamento desportivo de um automóvel de alta performance ao requinte e à elegância de um descapotável. Conta com um motor 1.4 Turbo T-Jet 16v a gasolina e é capaz de desenvolver 180 cavalos de potência.

Abarth 695 Tributo Ferrari

O Abarth 695 Tributo Ferrari fez a sua estreia mundial em Frankfurt, na Alemanha. Esta versão de alta performance do Abarth 500 confirma a ligação entre a marca com a Ferrari. Ambas com visões e valores comuns como a paixão pelo desempenho e velocidade, a alma da competição e a atenção aos pormenores.

Onde comprar um carro Abarth em Portugal?

No concessionário Caetano Retail, encontra um vasto leque de automóveis de alta performa Abarth e uma equipa de profissionais prontos para o ajudar a encontrar o melhor veículo para si.