Llámanos al 956 261 604
o
¿Prefieres que te llamemos gratis?
Indique-nos os seus dados pessoais e assim que possível um profissional irá entrar em contacto consigo.
Enviar

Como valorizar o carro antes da venda

Se tem um veículo e se prevê, no futuro, vendê-lo, saiba que existem alguns aspetos básicos que vão ajudá-lo a valorizar o seu carro na hora da venda.

Se lhe disséssemos que existem 15 aspetos essenciais para prolongar a vida do seu carro e para o valorizar, estaria disposto a colocá-los em prática?

Pode então pegar no papel e na caneta (ou até guardar este artigo na lista de favoritos do seu navegador), e apontar as dicas que vão fazer a diferença na preservação e valorização do seu automóvel.

15 dicas para preservar e valorizar o carro

1. Cuide do motor do seu carro

Primeiro, vamos falar de mecânica. Todos os motores, sejam eles a gasolina ou gasóleo, têm uma temperatura de funcionamento. Esta temperatura costuma rondar os 100ºC. Isto significa que, iniciar a marcha ou acelerar a frio, sem qualquer tipo de ligação, é algo de que o motor não gosta.

O nosso conselho, nesta situação, é esperar alguns minutos. Desta forma, permitimos que as primeiras explosões aumentem a temperatura do motor e todos os fluidos circulem corretamente. Valorizar o carro passa por cuidar dos seus elementos centrais.

2. Utilize corretamente a caixa de velocidades

E se lhe dissermos que esta é umas das primeiras lições das aulas de condução que a grande maioria dos condutores não cumpre? A ordem da caixa de velocidades deve ser respeitada.

A título de exemplo, cada vez que insistimos em acelerar para manter a velocidade durante uma inclinação, estamos a colocar uma enorme pressão sobre o motor. Nada como reduzir a velocidade e acertar as mudanças.

Por isso, se tenciona preservar e rentabilizar o seu carro ao máximo, use corretamente a caixa de velocidades e preserve-a. Respeite a ordem das mudanças e adapte a condução ao percurso que está a fazer.

3. Trate bem da suspensão e da direção

A suspensão é um dos elementos de vital importância na segurança automóvel. Evitar saltos e buracos em alta velocidade, lombadas ou sobrecargas evitará o desgaste prematuro dos amortecedores e a quebra das juntas esféricas do sistema.

No que toca ao sistema de direção, aplica-se a mesma regra. Todo o cuidado é pouco. Evite solavancos e viragens bruscas. Este tipo de comportamento é essencial para evitar uma ida ao mecânico e ter custos desnecessários para realinhar a direção.

4. Lave regularmente o seu carro

Pode ser dos conselhos mais básicos para prolongar a vida do seu carro, mas a verdade é que, por descuido ou esquecimento, esquecemo-nos de o fazer. A lavagem de carros combate um dos piores inimigos da pintura automóvel: os raios ultravioleta do sol. Os raios ultravioleta desgastam a tinta e permitem que a ferrugem se apodere da mesma. Além disso, a própria sujidade pode trazer problemas, especialmente quando acumulada em zonas de difícil remoção.

Não subestime a importância de primeiras impressões, principalmente por parte de potenciais compradores. Um aspeto limpo e cuidado irá valorizar o carro.

Sobre esta dica, recomendamos a leitura do artigo 5 motivos pelos quais a lavagem do carro é importante.

5. Tenha “boas maneiras” dentro do carro

Nem todos os cuidados são exteriores ou mecânicos. Manter a higiene do habitáculo também é essencial (ainda por cima, com as novas regras da inspeção automóvel para 2022).

Por isso, limpar o interior de vez em quando e evitar fumar e comer, são excelentes comportamentos a seguir para prolongar a vida interior do seu carro e valorizá-lo na hora da venda.

Já pensou? Uns estofos desgastados ou rasgados fazem com que o seu automóvel pareça mais velho e interfere no bem-estar a bordo. Se for o caso, substitua os seus estofos e dê uma nova vida ao interior do veículo.

6. Pneus, sempre em perfeito estado

Não negligencie os pneus. São o único elemento em contacto com o solo, pelo que são de vital importância em termos de segurança rodoviária.

A verificação da pressão uma vez por mês e controlar o relevo dos quatro pneus, são fundamentais para evitar uma deterioração prematura. Além disso, trocar periodicamente os pneus, os traseiros pelos frontais, também ajuda a manter uniforme o uso dos mesmos. A boa preservação destes irá contribuir para valorizar o carro.

Ler mais: Mudar pneu: tudo o que deve saber.

7. Adapte-se ao seu carro

Quando compra um carro, o período de adaptação é muito importante para que o condutor conheça a máquina e a forma como esta responde aos seus comandos. Nas primeiras conduções, recomenda-se alguma prudência e paciência para analisar as reações do carro na estrada.

Por isso, evite arranques e travagens agressivas. Estas podem trazer-lhe alguns dissabores. Conduza de forma consciente e defensiva e evite a adrenalina de uma conta avultada na oficina.

8. Controle o nível do óleo

Quando a luz indicadora do nível de óleo acende, não deixe de prestar atenção. De certeza que a marca está abaixo do mínimo recomendado.

A falta de lubrificante pode danificar seriamente o motor. É aconselhável verificar o nível pelo menos uma vez por mês.

Este é um dos comportamentos mais importantes, dentro das 15 dicas para valorizar o seu carro.

9. Manutenção “a fundo”

Além das principais áreas do carro (motor, direção, suspensão, etc.), explore também componentes e espaços mais profundos.

Não há nada como uma vistoria completa, feita mensal ou trimestralmente, de forma a confirmar se está tudo a funcionar corretamente. Por vezes, pode haver zonas que escapam, principalmente componentes da carroçaria ou até mesmo as escovas pára-brisas.

Ler mais: Quando e como mudar correia de distribuição ao seu automóvel.

10. Atenção ao sistema de travagem

Pastilhas, discos ou até mesmo o pedal de travagem, todos estes componentes são de extrema importância para a manutenção deste sistema. Mal exista algum ruído estranho ou uma falha aparente, não deixe para depois, corra para uma oficina. Conseguir preservar e valorizar o carro passa por resolver prontamente possíveis situações que possam surgir e que possam danificar o veículo. 

11. Cuide da bateria do seu carro

Para prolongar a vida da bateria do seu carro deve verificar o líquido e limpar os terminais com regularidade. Não se esqueça de desligar as luzes do automóvel no final das viagens.

12. Climatização

Em teoria, o ar condicionado é um circuito estanque. No entanto, a realidade mostra que 10% do refrigerante evapora a cada ano. Alguns componentes do circuito são trocados após alguns anos (dependendo do uso). Tenha isso em consideração antes de pensar em trocar o gás do ar condicionado.

13. Não “exagere” na carga

Mesmo que distribua bem a carga, se for em excesso prejudicará desnecessariamente tanto os amortecedores como a carroçaria. Não carregue mais do que o necessário. Pode consultar a carga máxima no manual de instruções.

Por outro lado, quando o carro tem carga a mais, vai gastar ainda mais combustível. Isto porque vai exigir mais do próprio motor.

14. Troque o filtro de ar

Este é outro elemento que passa facilmente despercebido e pode ser crítico se a sua missão for preservar e valorizar o seu carro.

A troca deste filtro é fundamental para que o ar entre no motor limpo e que faça o processo de combustão corretamente. Caso contrário todo o sistema acumulará sujidade e causará problemas futuros.

Ler mais: Como prevenir vidros embaciados no inverno.

15. Repare antes que seja grave

O último conselho para valorizar o carro  é a prevenção. Não deixe arrastar possíveis ruídos estranhos no carro, peças soltas, líquidos para abastecer… enfim, trabalhe sempre atempadamente! Desta forma, poupa na carteira e conserva a vida útil do seu carro até ao fim.

Preparado para colocá-los em prática?

Agora, só fica a faltar passar estas dicas do papel para a estrada e para o dia a dia. A longo prazo, temos a certeza que vão ser 15 novas formas de poupar em idas ao mecânico e 15 ajudas para conservar a saúde do seu carro e para conseguir uma maior rentabilidade quando tiver de vendê-lo.

;

Outras Notícias

Como preservar as baterias de carros elétricos?

As personagens do Caetano Car Market 2022

É possível conduzir microcarros sem carta de condução?