Llámanos al 956 261 604
o
¿Prefieres que te llamemos gratis?
Indique-nos os seus dados pessoais e assim que possível um profissional irá entrar em contacto consigo.
Enviar
correia de distribuição
correia de distribuição

Quando e como mudar correia de distribuição ao seu automóvel

A correia de distribuição é uma das componentes mais importantes de qualquer automóvel. Normalmente, esta peça tem um período de vida longo e, por isso, é facilmente esquecida ou negligenciada. Não sabe quando nem como mudar correia de distribuição? Neste artigo, vamos ajudá-lo a detetar todos os sinais, de forma a que mais facilmente consiga perceber quando é que está na altura de fazer a mudança da correia de distribuição ao seu veículo.

Mas afinal, o que é a correia de distribuição?

Mesmo quem não está tão familiarizado com termos mecânicos já ouviu falar, certamente, em correia de distribuição. Como o próprio nome indica, a correia de distribuição é a peça responsável por sincronizar os movimentos de todos os componentes móveis do motor de um automóvel. Falamos de, por exemplo, pistões, válvulas e, em alguns casos, também da bomba de água.

A correia de distribuição é feita normalmente de borracha reforçada, que permite que haja uma redução de ruído e dos custos de fabrico inerentes.

Mas, quando falamos em correia de distribuição, normalmente falamos de todo um sistema e não de uma peça única. Na verdade, este sistema é composto pela correia de distribuição em si, pelo tensor da correia de distribuição e por uma bomba de água.

Como funciona a correia de distribuição e qual é a sua importância?

Este sistema composto pelos 3 elementos acima indicados funciona como um todo. A correia de distribuição é a peça responsável por sincronizar os movimentos do motor. O tensor da correia de distribuição, por sua vez, garante que há uma tensão constante na correia para que ela mantenha o seu alinhamento e o bom funcionamento das roldanas. Todo este processo tem de ser muito preciso e o tensor assegura-se disso mesmo. Por fim, a bomba de água tem a função de fazer circular o líquido de arrefecimento, mantendo a temperatura do motor sempre nivelada (a temperatura de referência ideal situa-se nos 90 graus).

Para além de todos os aspetos técnicos, importa reter que o sistema da correia de distribuição é de extrema importância para a vida e para o bom funcionamento do motor do seu veículo. Por isso, saiba como mudar correia de distribuição e de quanto em quanto tempo o deve fazer.

Ler mais: Os 5 carros novos em 2022 que não vai querer perder

Quando deve ser mudada a correia de distribuição?

Normalmente, a mudança da correia de distribuição deve ser feita a cada 100 000 / 120 000 quilómetros percorridos. Se não conduzir com muita frequência, a quilometragem deixa de ser o seu indicador de referência. Nestes casos, pode considerar mudar a correia de distribuição de 5 em 5 anos.

Contudo, verifique sempre as instruções do fabricante, uma vez que cada caso é um caso e pode haver instruções ligeiramente diferentes consoante a marca e o modelo da viatura.

mudar correia de distribuição

Sinais de que está na altura de mudar a correia de distribuição

Se comprou recentemente um carro usado e se não conhece muito bem o histórico da mudança da sua correia de distribuição, ou se não tem a certeza se já está na altura de fazer a mudança da correia de distribuição ao seu carro de longa data, saiba que existem sinais que, normalmente, nos dizem quando está na hora. São eles:

• Marcas físicas evidentes na correia: falamos de desgaste visível ou de fissuras nas partes dentadas;

Ruído anormal no motor;

• Derrames de óleo;

• Vibrações anormais provenientes do motor;

• Dificuldade no arranque e falhas na ignição;

Assim, em caso de dúvida, esteja atento a estes sinais e não hesite em falar com um técnico de confiança ou com o seu mecânico.

Como mudar correia de distribuição?

Saber como mudar correia de distribuição é, na teoria, simples. Contudo, na prática, esta é uma operação complexa e bastante delicada que, por isso, deve ser feita apenas por técnicos e mecânicos qualificados.

Nunca tente poupar nos custos de mão de obra ao mudar a correia de distribuição sozinho.

Qual é o custo médio deste serviço?

A verdade é que mudar a correia de distribuição de um automóvel não é dos serviços mais em conta. Para além das peças em si, é necessário somar os custos inerentes à mão de obra especializada, dos quais nunca deve abdicar.

 O preço do kit da correia de distribuição pode oscilar entre os 20 e os 80 euros, enquanto que os valores normais da mão de obra oscilam entre os 300 e 500 euros. Estes valores são meramente indicativos e dependem de inúmeros fatores como, por exemplo, da cilindrada do automóvel.

 Mas comparando quanto custa mudar correia de distribuição com os custos do arranjo do motor caso esta manutenção não seja feita, percebemos rapidamente que não vale a pena chorar este investimento.

O que acontece se não mudar a mudar correia de distribuição?

Se não mudar a correia de distribuição na quilometragem (ou nos anos de uso) indicados pelo fabricante ou pela marca, esta pode começar a apresentar alguns dos sinais de fadiga que enumerámos acima. Se não for substituída a tempo, a correia de distribuição pode mesmo rebentar e comprometer todo o motor do seu automóvel.

As implicações são grandes e não prestar a devida atenção a esta peça fundamental pode resultar em danos irreversíveis no motor (devido à complexidade dos componentes aos quais está associada) e, consequentemente, em custos muito mais elevados.

Ler mais: Mudar pneu: tudo o que deve saber

;

Outras Notícias

Guia prático para transformar carrinha em autocaravana

A importância de manter o sistema de escape em boas condições

ALD: Aluguer de longa duração de carros novos