Llámanos al 956 261 604
o
¿Prefieres que te llamemos gratis?
Indique-nos os seus dados pessoais e assim que possível um profissional irá entrar em contacto consigo.
Enviar
etiquetagem de pneus
etiquetagem de pneus

Saiba tudo sobre a etiquetagem de pneus

A etiquetagem de pneus dá informação importante à qual todos os consumidores devem prestar atenção. Na compra de um determinado pneu, podemos encontrar uma etiqueta que informa os consumidores sobre a sua eficiência, com base em três características fundamentais: 

consumo de combustível etiquetagem pneus

Eficiência do consumo de combustível

Aderência em piso molhado

Ruído que gera

O Parlamento Europeu aprovou, em 2021, uma nova norma para a etiquetagem de pneus, que tem como principal objetivo tornar mais fácil a leitura desta etiqueta e permitir aos consumidores obterem mais informação sobre o pneu que estão a comprar.

Qual é o objetivo da etiquetagem de pneus

A etiqueta de pneus compila uma série de informações harmonizadas sobre parâmetros dos pneus através de uma rotulagem uniformizada. O grande objetivo é que os utilizadores finais consigam fazer escolhas informadas aquando da aquisição de pneus, de forma a aumentar a segurança, a proteção da saúde e a eficiência económica e ambiental do transporte rodoviário, através da promoção de pneus eficientes em termos energéticos, duradouros, seguros e pouco ruidosos.

Quais foram as principais alterações instituídas, em 2021, na etiquetagem de pneus?

As principais mudanças aplicam-se essencialmente aos pneus C1, aos pneus C2 e aos pneus C3 colocados no mercado. Os pneus em que as novas regras de etiquetagem de pneus não se aplicam são:

• Pneus todo o terreno profissionais;

• Pneus concebidos exclusivamente para serem instalados em veículos matriculados pela primeira vez antes de 1 de outubro de 1990;

• Pneus sobresselentes de utilização temporária do tipo T;

• Pneus cuja categoria de velocidade seja inferior a 80 km/h;

• Pneus cujo diâmetro de jante nominal não exceda 254 mm, ou seja, igual ou superior a 635 mm;

• Pneus equipados com dispositivos suplementares destinados a melhorar as suas propriedades de tração, como os pneus com pregos;

• Pneus concebidos apenas para serem instalados em veículos destinados exclusivamente a corridas;

• Pneus usados, exceto se forem pneus importados de um país terceiro.

As novas alterações na etiquetagem de pneus que foram introduzidas em 2021, têm como objetivo aumentar a eficiência energética. Para tal, serão incluídas na etiqueta de pneus uma série de novas funcionalidades, ao mesmo tempo que será obrigatório o registo de pneus num banco de dados.

Mais informação, mais eficácia nas estradas

Esta medida não surpreende. Isto porque, desde junho de 2020 que o Parlamento Europeu já tinha comunicado esta alteração na etiquetagem de pneus. A ideia é criar ainda mais informação para os condutores e “obrigar” as construtoras a criarem pneus mais eficientes. Por outro lado, ajudar quem vende, com informações mais diretas. 

As novas etiquetas vão incluir agora o nome do fabricante, um identificador do produto e as dimensões do pneu, com o índice de carga e velocidade.

Em que critérios se baseia a nova etiquetagem de pneus?

Vejamos então, como identificar cada novo símbolo e o que este significa.

etiquetagem de pneus

1. Eficiência de combustível

Esta parte da etiqueta informa sobre a resistência ao rolamento do pneu e a sua relação com o consumo de combustível do veículo

Por outras palavras, deve ter em mente que um pneu eficiente requer menos energia para rolar, o que significa menos consumo de combustível. A eficiência do combustível é avaliada numa escala de A a E, sendo os pneus Classe A os mais eficientes.

2. Aderência em piso molhado

Esta parte da etiqueta informa sobre o comportamento dos pneus durante a travagem em asfalto molhado. É classificado numa escala de letras que vai de A a E.

Ler mais: O que é a aquaplanagem e como a prevenir

3. Ruído exterior

Ruído exterior etiqueta

Este pictograma no canto inferior esquerdo indica o ruído exterior de rolamento dos pneus e é expresso em decibéis (dB). Porém, como muitas pessoas não sabem os valores em decibéis, as letras A, B e C são utilizadas para indicar o nível de ruído gerado pelo pneu. 

Assim, a letra A indica que o pneu é silencioso, a letra B indica que o pneu gera ruído moderado e a letra C indica que o pneu é barulhento e ultrapassa o limite europeu.

4. Aderência na neve

etiqueta aderencia neve

O pictograma com um floco de neve desenhado indica se a aderência do pneu é adequada para neve e se está em conformidade com as normas europeias.

5. Aderência no gelo

O pictograma no canto inferior direito indica se o pneu oferece uma boa tração no gelo, atendendo aos novos padrões de qualidade ISO.

Ler mais: Os principais cuidados com o carro no inverno

6. Código QR

O código QR na nova etiquetagem de pneus no canto superior direito fornece informações adicionais sobre os pneus. O link do código QR leva a um banco de dados da União Europeia, o EPREL, onde estão disponíveis todas as informações sobre o produto, bem como as diferentes classificações de pneus e dados sobre o processo de produção. Todas essas informações são fornecidas pelos próprios fabricantes de pneus.

De referir ainda que esta medida, no futuro, poderá incluir disposições para adicionar parâmetros que afetam a quilometragem e a abrasão dos pneus, com o objetivo de proteger ainda mais o meio ambiente e reduzir os microplásticos que são libertados pela erosão dos pneus.

O que é a etiquetagem de pneus e que pneus afeta?

Por último, para quem desconhece este sistema rodoviário, a etiquetagem de pneus é um sistema regulador de classificação de pneus, implementado em 2012, que pretende melhorar a segurança na estrada, contribuindo para reduzir o consumo de combustível e, portanto, o impacto ambiental do transporte rodoviário. 

A normativa de pneus permitirá identificar quais são os aspetos fundamentais do pneu, ajudando o consumidor a reconhecer e a diferenciar pneus de melhor e pior qualidade, no momento em que tem que decidir que pneus comprar.

Se tem dúvidas sobre a nova etiquetagem de pneus ou qualquer outra questão, consulte a norma de alterações, onde poderá conhecer ao pormenor todos os detalhes.

;

Outras Notícias

10 Dicas para praticar uma condução defensiva

Pneus de neve: por que motivo deve trocar já os seus pneus

A retoma de carros usados é uma boa opção?